Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

política

APOIO TUCANO: HUMBERTO NOGUEIRA DE PONTE BRANCA DECLARA APOIO PARA JAYME CAMPOS



MESMO SENDO PREFEITO DO PSDB, HUMBERTO NOGUEIRA SINALIZA QUE VOTAR EM JAYME CAMPOS É UM ATO CONSCIENTE EM BUSCA DE UM MATO GROSSO MELHOR

Candidato ao Senado pela Coligação Prá Mudar Mato Grosso, Jayme Campos 251 recebeu a declaração de apoio do prefeito de Ponte Branca, Humberto Nogueira (PSDB) pela sua caminhada para mais um mandato.

“Votar em Jayme Campos é assegurar que Mato Grosso terá uma firme posição no Senado da República e que os municípios serão ouvidos e atendidos em suas solicitações”, disse o prefeito Humberto Nogueira sinalizando que Jayme Campos já deu mais do que demonstrações de estar pronto para continuar trabalhando pelo engrandecimento do Estado.

Prefeito de Ponte Branca, 534 km de Cuiabá, e que faz parte do Vale do Araguaia, o prefeito Humberto Nogueira, disse que a cidade apesar de estar organizada e avançando é carente de investimentos públicos em áreas essenciais como saúde, educação, obras, geração de emprego e renda.

“É muito importante você ter um defensor intransigente de mudanças no atual sistema de partilha dos recursos públicos, pois a União fica com mais de 64%, os Estados com 24% e os municípios com 12%, quando na realidade é a cidades que moram as pessoas e estão os problemas a serem resolvidos”, disse o prefeito sinalizando que o voto dele para senador é de Jayme Campos por confiança e certeza de que o mesmo vai desempenhar, como desempenhou no passado um trabalho eficiente em prol de Mato Grosso, sua gente e seus municípios.

“Assumi com o prefeito de Ponte Branca, Humberto Nogueira, o compromisso que estou assumindo com a população, ou seja, de muito trabalho e determinação na busca da solução dos problemas que Mato Grosso enfrenta e que começaram a ser solucionados a partir de janeiro de 2019”, ponderou Jayme Campos argumentando que tem esperança e determinação em fazer um grande trabalho em prol do Estado e de sua gente.



COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Mulher confessa homicídio do esposo e mistério termina sobre desaparecimento


O delegado Flávio Leonardo, responsável pela investigação do desaparecimento de Edvan Moreira, falou sobre o homicídio e forneceu atualizações cruciais sobre o caso. O que inicialmente parecia um mistério envolvendo o sumiço de Edvan, ganhou novos contornos após intensas diligências e avanços nas investigações conduzidas pela Polícia Civil.

Edvan Moreira, residente em uma fazenda a aproximadamente 50 km do centro de Canarana, teria saído para cidade no dia 7, conforme relatos iniciais. No entanto, a descoberta da motocicleta da vítima na própria fazenda, em uma área de mata a cerca de 5 km de distância, levantou suspeitas sobre o desaparecimento.

“Localizamos a motocicleta da vítima em uma área de mata próxima à fazenda onde trabalhava. No entanto, estava claramente evidente que ela havia sido deliberadamente jogada em um rio para dificultar sua localização”, explicou o delegado Flavio Leonardo.

A reviravolta no caso ocorreu quando a esposa de Edvan, após ser submetida a uma nova entrevista como parte das investigações, confessou o homicídio. Ela admitiu ter disparado três tiros contra o marido, ocultando seu corpo e a motocicleta em locais distintos, distanciados da fazenda.

“Após a execução do homicídio, a suspeita utilizou uma máquina para transportar a motocicleta de Edvan e seu corpo para locais distantes da propriedade, em uma tentativa de dificultar a descoberta”, acrescentou o delegado.

A colaboração da esposa de Edvan foi fundamental para a identificação do local onde o corpo foi ocultado. As autoridades realizaram uma inspeção no local indicado, que foi confirmado pela Polícia Técnico-Científica como o local do crime.

Além disso, a polícia está investigando a possibilidade de que a suspeita tenha recebido ajuda para ocultar os objetos e o corpo da vítima, dadas as características do local de descarte da motocicleta.

A arma do crime, uma espingarda, foi apreendida pela polícia como parte das evidências. Agora, as autoridades conduzirão exames de DNA para confirmar a identidade do corpo encontrado e prosseguirão com as acusações de ocultação de cadáver e homicídio contra a esposa de Edvan.

O delegado Flávio Leonardo encerrou a coletiva reiterando o compromisso da Polícia Civil em buscar a verdade e garantir que a justiça seja feita para Edvan Moreira e sua família. O caso continua em andamento, com as autoridades empenhadas em esclarecer todos os detalhes e possíveis cúmplices envolvidos nesse trágico desfecho.

Araguaia FM


Antenado News