Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

Região

Comunidade do Nova Poxoréu participa de reunião para regularização fundiária



Prefeito de Poxoréu garante que vai prevalecer a vontade do povo para qual município eles desejam permanecer


Uma reunião para tratar da regularização fundiária da região do Assentamento Nova Poxoréu, foi realizada na manhã desta terça feira (05), na residência do presidente da associação Nova Poxoréu Vanderlei da Silva.
A reunião contou com a presença do Prefeito de Poxoréu Nelson Paim (PDT), Vereadores Carlos Instrutor (PSD), Carmem Borges (PSC), Carlos Araújo (PP), Miley (PV), e Luis Costa (PR), presidentes dos assentamos vizinhos, assessores do Deputado Federal Valtenir Pereira e coordenador do programa Terra Legal de Mato Grosso André Welter.
A discussão sobre a regularização começou no ano de 2014 levantada pelo advogado e assessor do Dep. Federal Valternir Dr Luiz Alberto, “recebi o Vanderlei na época e começamos os tramites para regularização, após O Governo Federal sancionar recentemente a Lei n°13.465/17, que trata das diretrizes da regularização fundiária no país, ganhamos força para regularizar através da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) órgão responsável por gerenciar a aplicação da Lei na Amazônia Legal.”, afirma Dr Luiz.
André Welter coordenador do programa garante que está fácil a regularização da área, pois o prefeito e vereadores estão abertos ao diálogo lutando juntos para regularização, “em um prazo de três meses queremos está com nosso trabalho pronto, podendo ser feita a doação para o município de Poxoréu que fará a doação para os moradores”. Afirma Welter.
O prefeito em sua fala afirmou que está sensível às necessidades da comunidade e pretende trabalhar em parceria com Primavera do Leste, “não tenho vaidades de querer que este assentamento pertença para Poxoréu, quero manter um bom diálogo com todos e aquilo que o povo decidir eu vou apoiar”, declarou Paim.
Vereador Luis Costa em sua fala garantiu aos moradores que nem um vereador vai contra as ações para aquela região, “vamos unir forças para atender o cidadão que necessita de água encanada, luz elétrica, escola e estradas, parabéns ao prefeito de Poxoréu que se mostra sensível a vontade do povo”.

Vereador Carlos Instrutor, afirma que todos os vereadores tem ações para os assentamentos, “a Câmera de Vereadores tem buscado apoio aos deputados, senadores para ajudar esta comunidade que precisa com urgência de avanços”.

Vereador Miley garante que não medira esforços para que seja feito parceria entre os dois municípios para a população que a tanto tempo espera por infraestrutura.
O presidente da associação Nova Poxoréu se mostra confiante com a regularização, “sabemos que existe tramites legais para Primavera e Poxoréu atender nossa comunidade, após a regularização poderemos receber emendas parlamentares para melhorias do nosso bairro”. Garante o presidente Vanderlei.



COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Mulher confessa homicídio do esposo e mistério termina sobre desaparecimento


O delegado Flávio Leonardo, responsável pela investigação do desaparecimento de Edvan Moreira, falou sobre o homicídio e forneceu atualizações cruciais sobre o caso. O que inicialmente parecia um mistério envolvendo o sumiço de Edvan, ganhou novos contornos após intensas diligências e avanços nas investigações conduzidas pela Polícia Civil.

Edvan Moreira, residente em uma fazenda a aproximadamente 50 km do centro de Canarana, teria saído para cidade no dia 7, conforme relatos iniciais. No entanto, a descoberta da motocicleta da vítima na própria fazenda, em uma área de mata a cerca de 5 km de distância, levantou suspeitas sobre o desaparecimento.

“Localizamos a motocicleta da vítima em uma área de mata próxima à fazenda onde trabalhava. No entanto, estava claramente evidente que ela havia sido deliberadamente jogada em um rio para dificultar sua localização”, explicou o delegado Flavio Leonardo.

A reviravolta no caso ocorreu quando a esposa de Edvan, após ser submetida a uma nova entrevista como parte das investigações, confessou o homicídio. Ela admitiu ter disparado três tiros contra o marido, ocultando seu corpo e a motocicleta em locais distintos, distanciados da fazenda.

“Após a execução do homicídio, a suspeita utilizou uma máquina para transportar a motocicleta de Edvan e seu corpo para locais distantes da propriedade, em uma tentativa de dificultar a descoberta”, acrescentou o delegado.

A colaboração da esposa de Edvan foi fundamental para a identificação do local onde o corpo foi ocultado. As autoridades realizaram uma inspeção no local indicado, que foi confirmado pela Polícia Técnico-Científica como o local do crime.

Além disso, a polícia está investigando a possibilidade de que a suspeita tenha recebido ajuda para ocultar os objetos e o corpo da vítima, dadas as características do local de descarte da motocicleta.

A arma do crime, uma espingarda, foi apreendida pela polícia como parte das evidências. Agora, as autoridades conduzirão exames de DNA para confirmar a identidade do corpo encontrado e prosseguirão com as acusações de ocultação de cadáver e homicídio contra a esposa de Edvan.

O delegado Flávio Leonardo encerrou a coletiva reiterando o compromisso da Polícia Civil em buscar a verdade e garantir que a justiça seja feita para Edvan Moreira e sua família. O caso continua em andamento, com as autoridades empenhadas em esclarecer todos os detalhes e possíveis cúmplices envolvidos nesse trágico desfecho.

Araguaia FM


Antenado News