Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

política

Deputado Federal Adilton Sacheti lamenta perca do PSB em Primavera



Durante o encontro Estadual do Podemos na noite de quinta-feira 05, em Cuiabá o Deputado Federal Adilton Sachetti (PSB), falou a o Jornal A Palavra de sua indignação sobre a perda do diretório municipal do partido PSB em Primavera do Leste, “é uma pena perdermos grandes nomes do partido no estado, perda nomes como Mauro Mendes, Getúlio Viana, Fabio Garcia, eu vou deixar o partido também, deputado Valtenir ficará só ele no partido, a direção tomou uma posição truculenta desrespeitando até a morte da minha esposa, no dia da morte dela eu não votei na questão da reforma trabalhista e fui penalizado por ter uma posição diferente dos demais, o diretório discutido em Primavera do Leste de forma desrespeita”, afirma Adilton.
O deputado garante que todos os nomes sairão no tempo certo, “quem planta vento colhe tempestade, e é isto que estão plantando”, pontou Sachetti.



COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Região

MPMT requer interdição de cadeia pública feminina de Cáceres


O Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio da 1ª Promotoria de Justiça de Cáceres, requereu no final da tarde desta quinta-feira (22) a interdição da cadeia feminina do município. A medida foi tomada em razão da existência de infiltrações estruturais e alto risco de incêndio na unidade prisional. O pedido foi direcionado à 1ª Vara Criminal da Comarca de Cáceres.

De acordo com o MPMT, a cadeia feminina do município não possui Alvará de Segurança Contra Incêndio e Pânico (ASCIP) do Corpo de Bombeiros. Inspeções realizadas no local demonstram uma série de problemas estruturais na unidade, como falta de sistemas de hidrante, de saídas de emergência, de alarme de incêndio, entre outros.

Conforme laudo técnico das instalações elétricas do edifício, encaminhado ao Ministério Público pelo Conselho de Segurança, as “instalações estão em péssimas condições de conservação, com risco gravíssimo de acidentes à população carcerária e aos profissionais da segurança pública responsáveis pelo local, proporcionando alto grau de risco de incêndio a qualquer momento”.

Segundo o promotor de Justiça Marcelo Linhares Ferreira, o Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça do MPMT também realizou inspeção técnica na unidade prisional, constatando inconformidades em toda a edificação que interferem diretamente na segurança dos usuários.

“O quadro existente no estabelecimento prisional fere os mais básicos direitos fundamentais do homem, sendo que a medida de interdição visa a resguardar a dignidade da pessoa humana e a proteção de risco à vida e à integridade física das presas”, destacou o promotor de Justiça.

por CLÊNIA GORETH

 

Antenado News