Primavera do Leste / MT - Segunda-Feira, 24 de Junho de 2024

HOME / NOTÍCIAS

A Palavra

Jornal é ameaçado após matéria sobre servidores chamarem ação da Câmara de Pilantragem



Na manhã de terça feira (15), o editor do site A Palavra JPMT.COM.BR, Luis Costa recebeu uma ligação da primeira dama e Secretária Municipal de Assistência Social de Primavera do Leste Sra. Gisele Ferreira, na ligação ele ameaçava entrar com processo de danos morais ao ter sua imagem em um grupo de WhatsApp com nome “Primeira Dama”, onde foi feito vários post e comentários desmerecendo ou menosprezando as ações feita pela a Câmara de Vereadores. No telefonema a secretária manda que retire imediatamente o print do grupo que tenha sua foto, “Tire agora minha imagem desta matéria ou irá sofrer um processo na justiça por danos morais”. Afirma Gisele.

Ainda durante a ligação o editor e vereador afirma a secretária que tudo pode se resolver, “temos meios para resolver os problemas, podendo ser com dialogo e bom senso ou podendo também pela justiça como a senhora está falando, portanto todos tem direito de resposta”. No entanto após ameaçar que iria processar o jornal, a secretaria aos gritos desligou o telefone.

A matéria foi publicada após vereadores apresentarem os prints no telão durante a sessão ordinária de segunda-feira (14), além de exposto, foi comentado e falado por maioria dos vereadores que contam ainda com o recurso da transmissão ao vivo por canal no Youtube, dando visibilidades aos fatos acontecidos na sessão.

O que causa espanto é a característica que alguns possuem de mandar, ditar aquilo que os outros tem que fazer, fatos que podem ser resolvidos com simples dialogo, se torna em brigas e desafetos.  Independente de posicionamento político o Jornal A Palavra prima pela imparcialidade divulgando fatos cotidianos de Primavera do Leste dando sempre direito de resposta não importando quem seja o personagem da notícia.

A primeira dama afirma que o grupo não foi criada por ela é sim leva o seu nome, no entanto o fato ocorreu no grupo com nome “Primeira Dama” e foi divulgado conforme a notícia, deixamos o espaço aberto para o outro lado.



COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Região

Servidores rejeitam proposta do governo e continuam com greve na UFMT


Segundo os servidores, as propostas apresentadas não são diferentes das que foram recusadas anteriormente.

Professores aprovam greve na UFMT — Foto: Divulgação

Servidores da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) rejeitaram a proposta de acordo feita pelo Governo Federal, durante uma assembleia geral realizada nesta sexta-feira (21), organizada pela Associação dos Docentes da UFMT (Adufmat) e afirmaram que continuarão em greve. O movimento já dura cerca de um mês.

A categoria reivindica:

  • Reestruturação de carreira
  • Recomposição salarial e orçamentária
  • Revogação de normas aprovadas nos governos Temer e Bolsonaro
O diretor geral da Adufmat, Maelison Neves, disse que as propostas salariais e de carreira apresentadas não são diferentes das que foram recusadas nas últimas assembleias. Segundo ele, não se percebe avanços fundamentais em relação às pautas da educação superior.

Nessa segunda-feira (17) seis unidades do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso (IFMT) decidiram encerrar a greve. Já outros 10 campus permanecem sem aula.


HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Acusado de matar companheiro é preso 4 dias após crime


Homem de 52 anos, apontado como autor do homicídio do seu companheiro, José Aparecido Leal, 62, em Tangará da Serra (239 km a médio-norte de Cuiabá), teve o mandado de prisão cumprido na manhã desta sexta-feira (21), após ser localizado em Cuiabá.

 

O crime que vitimou José Aparecido Leal, 62, ocorreu no último dia 17 de junho, em uma residência no bairro Vila Horizonte, em Tangará da Serra. O morador foi morto após discussão com o acusado.

Após o crime, o homem de 52 anos fez fotos e vídeos do corpo e enviou para a filha da vítima, além de deixar uma carta, confessando a autoria do homicídio. Diante das evidências, a Polícia Civil representou pelo mandado de prisão preventiva do suspeito, que foi deferida pela Justiça.

 

Com informações de que o autor havia fugido para Cuiabá, os policiais realizaram a operação conjunta, que resultou na localização do foragido e no cumprimento do mandado de prisão preventiva em seu desfavor.

GD


HOME / NOTÍCIAS

política

Primavera do Leste vence quatro categorias do Prêmio Band Cidades Excelentes 2024


Premiação é considerada o Oscar da Administração pública

Primavera do Leste colhe os frutos de uma gestão eficiente. Prova disso é que na noite de ontem (19) a cidade foi destaque e venceu quatro categorias do Prêmio Band Cidades Excelentes 2024: Sustentabilidade, Educação, Infraestrutura e Mobilidade Urbana, além de Desenvolvimento Econômico e Ordem Pública.

“Fomos premiados por nossas iniciativas inovadoras em diferentes áreas. Então estamos muito honrados de receber a premiação, que é considerada o Oscar da administração pública. Essa conquista é o resultado da dedicação conjunta dos nossos servidores que trabalham com tanto afinco” destacou o prefeito Leonardo Bortolin.

Uma das premissas do evento é compartilhar as cidades que são referência em soluções de gestão para inspirar outros municípios. A avaliação dos municípios é feita com base na ferramenta IGMA. Ela consolida os resultados de 72 indicadores em uma única nota final. Primavera do Leste foi destaque na categoria que avalia municípios entre 30 a 100 mil habitantes.

A secretária municipal de Educação, Adriana Tomasoni, esteve presente na capital do Estado para receber a premiação e ressalta a relevância da ação.  “Esse reconhecimento reflete o esforço e o comprometimento da Secretaria Municipal de Educação e da Prefeitura Municipal com a educação. E também é um incentivo que nos dá a certeza de que a educação primaverense está no rumo certo” confirmou.

Com a presença de várias autoridades, a cerimônia de premiação aconteceu no auditório da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), em Cuiabá. Na quarta edição, o prêmio é realizado pela parceria entre Grupo Bandeirantes com o Instituto Aquila.

Coordenadoria de comunicação


Antenado News