Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

Agro

MARFRIG OFERECE MAIS DE 80 VAGAS DE EMPREGO NO MATO GROSSO



As oportunidades são para as unidades de Pontes e Lacerda e Tangará da Serra. São mais de 10 funções e há vagas também para pessoas com deficiência

 

   A Marfrig, líder global em produção de hambúrgueres e uma das maiores empresas de carne bovina do mundo, anuncia 83 vagas de emprego nas unidades de Pontes e Lacerda e Tangará da Serra, no Mato Grosso.

 

Os candidatos selecionados contarão com os seguintes benefícios: restaurante no local, assistências médica e odontológica, convênio farmácia, vale-alimentação, vale transporte, descontos em produtos e prêmio de assiduidade.

 

Veja abaixo os detalhes para cada cidade.

 

Pontes e Lacerda

No município, 50 vagas estão disponíveis para as seguintes funções: auxiliar operacional, atordoador, eviscerador, faqueiro, refilador, operador de máquinas, balanceiro, mecânico industrial. Há vagas para pessoas com deficiência.

 

Os interessados devem comparecer na unidade (Avenida Iguassu 260, Chácara City, Pontes e Lacerda) de segunda a quinta-feira, às 7h, até 1 de março. É necessário levar o currículo, documentos pessoais e uma caneta. 

 

Tangará da Serra

Na cidade, 33 oportunidades estão disponíveis para as funções de auxiliar operacional, magarefe, desossador, supervisor de utilidades, supervisor de abate e supervisor de manutenção elétrica.

 

As candidaturas podem ser feitas pessoalmente até o dia até 1 de março, no endereço: Rodovia MT 358, s/n, Km 5, Centro, Tangará Da Serra – Mato Grosso (MT). É necessário levar o currículo, documentos pessoais e uma caneta. Em caso de dúvidas, os candidatos podem ligar nos telefones (65) 3311-3800/ 9-9809-5920.

 

 

Sobre a Marfrig

A Marfrig é uma das companhias líderes em carne bovina e maior produtora de hambúrguer no mundo, com receita líquida de 35,6 bilhões de reais no terceiro trimestre de 2023. Na América do Sul e América do Norte, emprega mais de 30.000 colaboradores, distribuídos em 31 unidades produtivas. A empresa processa e comercializa carne in natura, produtos processados, pratos prontos à base de carne bovina, produtos complementares e derivados de carne, além de couro para os mercados doméstico e internacional. Reconhecida pela qualidade de seus produtos e por sua atuação sustentável, a Marfrig mantém projetos pioneiros para a preservação do meio ambiente e dos recursos naturais.

 

NOVA PR



COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Mulher confessa homicídio do esposo e mistério termina sobre desaparecimento


O delegado Flávio Leonardo, responsável pela investigação do desaparecimento de Edvan Moreira, falou sobre o homicídio e forneceu atualizações cruciais sobre o caso. O que inicialmente parecia um mistério envolvendo o sumiço de Edvan, ganhou novos contornos após intensas diligências e avanços nas investigações conduzidas pela Polícia Civil.

Edvan Moreira, residente em uma fazenda a aproximadamente 50 km do centro de Canarana, teria saído para cidade no dia 7, conforme relatos iniciais. No entanto, a descoberta da motocicleta da vítima na própria fazenda, em uma área de mata a cerca de 5 km de distância, levantou suspeitas sobre o desaparecimento.

“Localizamos a motocicleta da vítima em uma área de mata próxima à fazenda onde trabalhava. No entanto, estava claramente evidente que ela havia sido deliberadamente jogada em um rio para dificultar sua localização”, explicou o delegado Flavio Leonardo.

A reviravolta no caso ocorreu quando a esposa de Edvan, após ser submetida a uma nova entrevista como parte das investigações, confessou o homicídio. Ela admitiu ter disparado três tiros contra o marido, ocultando seu corpo e a motocicleta em locais distintos, distanciados da fazenda.

“Após a execução do homicídio, a suspeita utilizou uma máquina para transportar a motocicleta de Edvan e seu corpo para locais distantes da propriedade, em uma tentativa de dificultar a descoberta”, acrescentou o delegado.

A colaboração da esposa de Edvan foi fundamental para a identificação do local onde o corpo foi ocultado. As autoridades realizaram uma inspeção no local indicado, que foi confirmado pela Polícia Técnico-Científica como o local do crime.

Além disso, a polícia está investigando a possibilidade de que a suspeita tenha recebido ajuda para ocultar os objetos e o corpo da vítima, dadas as características do local de descarte da motocicleta.

A arma do crime, uma espingarda, foi apreendida pela polícia como parte das evidências. Agora, as autoridades conduzirão exames de DNA para confirmar a identidade do corpo encontrado e prosseguirão com as acusações de ocultação de cadáver e homicídio contra a esposa de Edvan.

O delegado Flávio Leonardo encerrou a coletiva reiterando o compromisso da Polícia Civil em buscar a verdade e garantir que a justiça seja feita para Edvan Moreira e sua família. O caso continua em andamento, com as autoridades empenhadas em esclarecer todos os detalhes e possíveis cúmplices envolvidos nesse trágico desfecho.

Araguaia FM


Antenado News