Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

cidade

Até o dia 19 de janeiro o agendamento para a segunda etapa do Programa Habitacional Ipê Florido pode ser feito



O agendamento é somente para as pessoas que não conseguiram realizar no ano de 2023. E para aqueles que agendaram em 2023 e perderam o prazo, poderão comparecer na coordenaria de habitação.

 

Uma nova oportunidade para as pessoas que desejam conquistar o sonho da casa própria. A Secretaria de Assistência Social, por meio da Coordenadoria de Habitação anuncia que do dia 08 até 19 de janeiro, estará aberto o agendamento da segunda etapa do programa habitacional, Ipê Florido. E as inscrições para quem agendar neste período será entre os dias 4 de março até 5 de abril.

Para se inscrever, basta acessar o site da prefeitura municipal, no endereço eletrônico, www.primaveradoleste.mt.gov.br e clicar no banner habitação, preencher todo o formulário, e após concluir, terá o agendamento realizado com data e horário, e com a lista de documentos que será necessário apresentar na coordenaria de habitação.

É importante salientar que o agendamento é somente para as pessoas que não conseguiram realizar no ano de 2023. E para quem agendou em 2023 e perdeu o prazo, poderá comparecer na coordenadoria de habitação até o dia 29 de fevereiro para realizar a inscrição.

“Essa é uma chance para pessoas que ainda não conseguirem realizar o agendamento. É importante ressaltar que todas as pessoas que estão agendadas para este mês de janeiro e fevereiro, poderão comparecer normalmente a coordenadoria de habitação, pois o agendamento da segunda etapa, não altera no andamento dos agendamentos e inscrições já realizadas. E caso, alguém que tenha agendado em 2023 e perdeu o prazo, existe a oportunidade de realizar a inscrição, mas é preciso ir até a coordenadoria de habitação até o dia 29 de fevereiro”. Reforça a Secretária de Assistência Social, Leninha Riva.

O Vice-Prefeito, Ademir Goes, explica que todo o processo é realizado pelo site da prefeitura. “Neste primeiro momento, as pessoas poderão realizar o agendamento da segunda etapa pelo site, e só depois irá até a coordenadoria de habitação. Nossa cidade cresce em um ritmo acelerado, e a habitação é uma preocupação da gestão, em dar condições das famílias primaverenses conseguirem a casa própria. O programa habitacional conta com a parceria do Governo do Estado por meio do MT Par e da Caixa Econômica Federal, e assim o financiamento ficará mais acessível”.

O Prefeito, Leonardo Bortolin, explica que todas as famílias com renda mensal de R$2 mil a R$8 mil, podem participar do agendamento. “Serão 53 prédios com 32 apartamentos cada, totalizando 1.696 apartamentos, com toda a infraestrutura necessária, quiosques, guarita, pista de caminhada e playground. Os apartamentos serão construídos no bairro Santa Felicidade”.

COORDENADORIA DE COMUNICAÇÃO 



COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Mulher confessa homicídio do esposo e mistério termina sobre desaparecimento


O delegado Flávio Leonardo, responsável pela investigação do desaparecimento de Edvan Moreira, falou sobre o homicídio e forneceu atualizações cruciais sobre o caso. O que inicialmente parecia um mistério envolvendo o sumiço de Edvan, ganhou novos contornos após intensas diligências e avanços nas investigações conduzidas pela Polícia Civil.

Edvan Moreira, residente em uma fazenda a aproximadamente 50 km do centro de Canarana, teria saído para cidade no dia 7, conforme relatos iniciais. No entanto, a descoberta da motocicleta da vítima na própria fazenda, em uma área de mata a cerca de 5 km de distância, levantou suspeitas sobre o desaparecimento.

“Localizamos a motocicleta da vítima em uma área de mata próxima à fazenda onde trabalhava. No entanto, estava claramente evidente que ela havia sido deliberadamente jogada em um rio para dificultar sua localização”, explicou o delegado Flavio Leonardo.

A reviravolta no caso ocorreu quando a esposa de Edvan, após ser submetida a uma nova entrevista como parte das investigações, confessou o homicídio. Ela admitiu ter disparado três tiros contra o marido, ocultando seu corpo e a motocicleta em locais distintos, distanciados da fazenda.

“Após a execução do homicídio, a suspeita utilizou uma máquina para transportar a motocicleta de Edvan e seu corpo para locais distantes da propriedade, em uma tentativa de dificultar a descoberta”, acrescentou o delegado.

A colaboração da esposa de Edvan foi fundamental para a identificação do local onde o corpo foi ocultado. As autoridades realizaram uma inspeção no local indicado, que foi confirmado pela Polícia Técnico-Científica como o local do crime.

Além disso, a polícia está investigando a possibilidade de que a suspeita tenha recebido ajuda para ocultar os objetos e o corpo da vítima, dadas as características do local de descarte da motocicleta.

A arma do crime, uma espingarda, foi apreendida pela polícia como parte das evidências. Agora, as autoridades conduzirão exames de DNA para confirmar a identidade do corpo encontrado e prosseguirão com as acusações de ocultação de cadáver e homicídio contra a esposa de Edvan.

O delegado Flávio Leonardo encerrou a coletiva reiterando o compromisso da Polícia Civil em buscar a verdade e garantir que a justiça seja feita para Edvan Moreira e sua família. O caso continua em andamento, com as autoridades empenhadas em esclarecer todos os detalhes e possíveis cúmplices envolvidos nesse trágico desfecho.

Araguaia FM


Antenado News