Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

Região

Índia recém-nascida é resgatada após ser enterrada viva em MT



Uma índia recém-nascida foi resgatada depois de ser enterrada viva pela família dela, nessa terça-feira (5), em Canarana, a 838 km de Cuiabá. A Polícia Militar recebeu uma denúncia de que um bebê morreu logo após o parto e havia sido enterrado e acionou a Polícia Civil. A família disse à polícia que achou que a criança estivesse morta.

Até naquele momento, a criança era tida como morta e estava enterrada em uma cova de 50 centímetros de profundidade. Descobriu-se que o recém-nascida estava viv no momento em que os policiais cavavam para retirar o corpo do local.

Uma policial que estava de plantão, e que pediu para não ser identificada, disse que a mãe do bebê, de 15 anos, deu à luz no banheiro de uma casa onde vive uma família de indígenas em Canarana. O parto teria ocorrido ao meio-dia.

Recém-nascida está internada no Hospital de Água Boa (Foto: Polícia Militar de MT)

Recém-nascida está internada no Hospital de Água Boa (Foto: Polícia Militar de MT)

Logo em seguida, ainda nessa denúncia, a pessoa relatou que o bebê havia morrido durante o parto e sido enterrado no quintal dessa casa.

A polícia foi informada sobre o caso durante a tarde e foi ao local já na noite de terça-feira, por volta de 22h (horário de Mato Grosso).

A família disse que havia enrolado o corpo da criança em um pano e enterrado em uma cova. Eles indicaram o local onde o corpo estava e uma escavação começou a ser feita.

“Um dos policiais começou a cavar com uma enxada, com muito cuidado e devagar, até que puxou um pano. Nisso, ele ouviu um gemido, quase um choro, como se a criança estivesse resmungando. Ele gritou ‘a criança está viva!’”, relatou a policial ao G1.

Quando os policiais perceberam que o bebê estava vivo, começaram a cavar com as mãos, até que retiraram recém-nascida da cova.

Índia recém-nascida é resgatada após ser enterrada viva por família que achou que ela estava morta em Canarana (Foto: Divulgação)

Índia recém-nascida é resgatada após ser enterrada viva por família que achou que ela estava morta em Canarana (Foto: Divulgação)

A criança foi levada às pressas por uma ambulância para o hospital da cidade. Ela recebeu oxigenação e começou a ser atendida na unidade de saúde.

Enquanto isso, outros policiais começaram a conversar com a família para saber o que de fato havia ocorrido.

A mãe da criança disse que começou a sentir contrações e foi para o banheiro. Ela estava sozinha no banheiro e teve a criança em parto normal. Os outros indígenas estavam do lado de fora da casa.

“A criança caiu no chão do banheiro e bateu a cabeça. Eles [a família] ficaram observando e, como o bebê não chorou nem esboçou reação, entenderam que estava morto. Um dos anciões pegou essa criança, sem a mãe e a avó perceberem, e a enterrou”, comentou a policial.

A mãe e a avó da criança foram levadas para a delegacia onde prestaram depoimento à Polícia Civil.

O bebê foi transferido de Canarana para o Hospital Regional de Água Boa, a 736 km de Cuiabá.

Segundo a Polícia Civil, o bebê foi internado e o estado de saúde dele é considerado bom. Os médicos descobriram que o recém-nascido teve um afundamento no crânio. O bebê passou por um exame de raio-X que apontou duas fraturas na cabeça.

Uma investigação foi aberta na Polícia Civil de Canarana. Os policiais tentam identificar quem foi a pessoa que enterrou a criança. Até a manhã desta quarta-feira (6), nenhuma pessoa havia sido presa ou identificada.

Fonte: G1 Mato Grosso



COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

política

Primavera do Leste vence quatro categorias do Prêmio Band Cidades Excelentes 2024


Premiação é considerada o Oscar da Administração pública

Primavera do Leste colhe os frutos de uma gestão eficiente. Prova disso é que na noite de ontem (19) a cidade foi destaque e venceu quatro categorias do Prêmio Band Cidades Excelentes 2024: Sustentabilidade, Educação, Infraestrutura e Mobilidade Urbana, além de Desenvolvimento Econômico e Ordem Pública.

“Fomos premiados por nossas iniciativas inovadoras em diferentes áreas. Então estamos muito honrados de receber a premiação, que é considerada o Oscar da administração pública. Essa conquista é o resultado da dedicação conjunta dos nossos servidores que trabalham com tanto afinco” destacou o prefeito Leonardo Bortolin.

Uma das premissas do evento é compartilhar as cidades que são referência em soluções de gestão para inspirar outros municípios. A avaliação dos municípios é feita com base na ferramenta IGMA. Ela consolida os resultados de 72 indicadores em uma única nota final. Primavera do Leste foi destaque na categoria que avalia municípios entre 30 a 100 mil habitantes.

A secretária municipal de Educação, Adriana Tomasoni, esteve presente na capital do Estado para receber a premiação e ressalta a relevância da ação.  “Esse reconhecimento reflete o esforço e o comprometimento da Secretaria Municipal de Educação e da Prefeitura Municipal com a educação. E também é um incentivo que nos dá a certeza de que a educação primaverense está no rumo certo” confirmou.

Com a presença de várias autoridades, a cerimônia de premiação aconteceu no auditório da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), em Cuiabá. Na quarta edição, o prêmio é realizado pela parceria entre Grupo Bandeirantes com o Instituto Aquila.

Coordenadoria de comunicação


Antenado News