Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

geral

Oncologista alerta que fumantes têm 20 x mais chances de ter câncer de pulmão



O tabagismo está na origem de 90% dos casos de câncer de pulmão entre os homens e 80% entre as mulheres. Os fumantes têm cerca de 20 vezes mais risco de desenvolver a doença e, para piorar, aqueles que não fumam, porém convivem com fumantes, também correm risco de desenvolver a doença.

O alerta é do oncologista clínico Eduardo Dicke e faz parte da campanha de conscientização “Agosto Branco”, desenvolvida pela Clínica de Tratamento Multidisciplinar do Câncer (Oncomed).

Segundo o oncologista, não há como falar em prevenção sem tocar na questão do combate ao tabagismo que é o grande vilão neste tipo de doença, revela o médico. “O profissional pode orientar, mas não tem como obrigar o paciente a parar de fumar, por isso o tratamento contra o tabagismo é multidisciplinar e envolve toda a família e políticas públicas”, ressalta. “O fumante tem que ter consciência de que o fumo prejudica a saúde dele e de quem está a sua volta. Ele precisa querer e dar o primeiro passo para parar de fumar”.

Sempre digo que parar de fumar foi a melhor coisa que fiz por mim e se puder dar um conselho para quem fuma é que pare. Não vale a pena

Ex-fumante

A dona de casa, de 47 anos, que não terá o nome divulgado, conta que fumou por quase 20 anos, deu as primeiras tragadas na juventude, por volta dos 24. Parou de fumar diversas vezes, mas a dependência química e psicológica provocada pelo tabaco a fazia voltar ao vício. “Experimentei e gostei de fumar, e ainda lembro o quanto é gostoso. No entanto, depois de algum tempo me sentia presa e afetada, seja pelas crises de rinite, que aumentaram, falta de ar, seja pelo mau cheiro que impregna no cabelo, mãos e todo o corpo”.

Há 18 anos parou de fumar três meses antes de engravidar, mas voltou oito meses depois do parto. Com a chegada da filha, tentou largar o cigarro por diversas vezes, mas só se viu livre das tragadas há 8 anos. “Sempre digo que parar de fumar foi a melhor coisa que fiz por mim e se puder dar um conselho para quem fuma é que pare. Não vale a pena”.

infográfico câncer de pulmão

Uma das principais formas de prevenir do câncer no pulmão é deixando de fumar. Conheça neste quadro sintomas e formas de tratamento pós diagnóstico

Novos casos

De acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), o país soma 28.220 novos casos de tumores pulmonares ao ano, questões genéticas e história familiar, exposição à fumaça ambiental e exposição a produtos tóxicos como asbestos e sílica são fatores de risco para a doença, mas a grande maioria dos casos câncer de pulmão é relacionada ao cigarro.

Muitos pacientes apresentam outras enfermidades relacionadas ao tabagismo, como a doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) ou enfisema, e a cardiopatia coronariana.

A taxa de mortalidade depende muito do estágio em que o tumor é diagnosticado. Os sintomas do câncer de pulmão são: falta de ar, tosse, sangramento na tosse, infecções respiratórias, dor torácica, nódulos no pescoço. O especialista pondera ainda que qualquer sintoma prolongado, persistente por mais de 15 dias precisa procurar um médico e fazer a avaliação e os exames adequados. “No inverno as infecções respiratórias tendem a aumentar e no caso de fumantes ativos ou passivos há mais chances de surgirem”.

Parar de fumar sempre vale a pena em qualquer momento da vida

Eduardo Dicke, oncologista

Para mudar a realidade atual, a Medicina tem avançado muito nos últimos anos e é por isso que nos pacientes de risco, principalmente os de antecedentes de tabagismo prolongado ou com histórico familiar da doença, o exame de tomografia computadorizada de alta resolução tem sido incluído nos exames de check-up, o que permite a detecção de casos precoces com maior possibilidade de tratamento cirúrgico.

É um órgão difícil, não é simples o diagnóstico, depende de biopsia pulmonar que é um exame complexo, mas necessário. Os tratamentos variam, mas podem incluir cirurgia, radioterapia, quimioterapia, terapia com drogas direcionadas e imunoterapia. Novos testes moleculares permitem definir a melhor terapia alvo-específica.

Para aqueles que desejam ajudar um familiar a deixar de fumar, o SUS oferece tratamento gratuito. A Secretaria Estadual ou Municipal de Saúde pode informar o local com o tratamento disponível mais próximo da sua casa. Para ter acesso ao tratamento, basta procurar uma Unidade Básica de Saúde que presta o atendimento, levar a identidade e se inscrever no programa de combate ao tabagismo do SUS.

“Parar de fumar sempre vale a pena em qualquer momento da vida, mesmo que o fumante já esteja com alguma doença causada pelo cigarro, tal como câncer, enfisema ou derrame. Quanto mais cedo for descoberto a doença, mais chances de ter bons resultados no tratamento  e até cura”, reforça Dicke.

O especialista afirma que na última década o tratamento evoluiu muito.Há testes de subtipos, medicação específicas com menos chance de efeitos colaterais, porém o apoio familiar ainda continua sendo primordial. “Como todo tratamento que combate um vício, esse amparo que agrega bem-estar e qualidade de vida ao paciente reduz o índice de insucesso” , aconselha.

Fonte: RDNews



COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

geral

Motociclista morre ao bater de frente com carreta na BR-163


Um motociclista morreu em um grave acidente na BR-163, próximo ao Jardim do Ouro, em Sinop, no começo da tarde deste domingo, 19 de maio. A vítima bateu de frente com uma carreta Scania e morreu na hora.

Segundo informações da imprensa local, o motociclista seguia em direção ao Centro de Sinop e invadiu a pista contrária, batendo de frente com a carreta que seguia na direção contrária.

Em entrevista à imprensa local, o caminhoneiro afirmou que o motociclista já vinha ‘comendo faixa’ há algum tempo, fazendo um zigue-zague na pista. Ele contou que tentou evitar o acidente freando e ‘jogando’ o caminhão para o outro lado, mas não conseguiu.

O caminhoneiro ainda mostrou as marcas de frenagem de sua carreta e ressaltou que o motociclista não tentou frear.

Uma equipe de socorro da concessionária Nova Rota do Oeste esteve no local, mas o homem já estava morto.

A rodovia foi interditada nos dois sentidos para o trabalho da perícia e da Polícia Rodoviária Federal.

 


HOME / NOTÍCIAS

Brasil

País perdeu R$ 485 bilhões com desastres naturais em 11 anos


Informação é do Atlas de Desastres, que é organizado pelo Ministério da Integração e pelo Tribunal de Contas da União (TCU

Não bastassem as mortes e tragédias familiares, o país perdeu R$ 485 bilhões com desastres naturais em 11 anos. A informação é do Atlas de Desastres, que é organizado pelo Ministério da Integração e pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

A maior parte foi em prejuízo para empresas e estabelecimentos comerciais (R$ 375 bilhões), seguido por prejuízo para pessoas afetadas com a perda de moradias e bens (R$ 68,1 bilhões) e para o governo, com infraestrutura e atendimento emergenciais (R$ 41,9 bilhões).

No mesmo período em que o Brasil amargou o prejuízo de R$ 485 bilhões, o investimento do governo federal em resiliência climática (prevenção) foi de R$ 21,7 bilhões.

O levantamento mostra que o valor foi caindo ao longo dos últimos anos e representa uma pequena fatia diante dos prejuízos bilionários. Ou seja, o país investe mais para remediar, do que para prevenir.

O que os pesquisadores alertam é que o custo para prevenir o desastre teria sido bem menor do que o montante perdido se houvesse atenção às mudanças climáticas.

O número ainda não inclui a perda imensurável com as mortes nas tragédias. Ao longo de onze anos, mais de 2 mil pessoas morreram em desastres naturais. Além das pessoas que, feridas, tiveram a vida alterada e os animais que também morreram.


HOME / NOTÍCIAS

geral

Bombeiros de MT entram no 10º dia de busca por 6 pessoas da mesma família soterradas após enchentes no RS


Os militares acreditam que as vítimas estejam soterradas em meio a lama e aos destroços dessa região.

Um grupo de socorristas do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso entrou no 10° dia de buscas por seis pessoas da mesma família, que estão desaparecidas no município de Encantado, no Rio Grande do Sul, por causa das enchentes que o estado tem sofrido.

Segundo os militares, a hipótese é de que as vítimas estejam soterradas em meio a lama e aos destroços dessa região. Equipes de de Mato Grosso do Sul, Santa Catarina e Bahia também estão auxiliando nas buscas.

Até o momento, foram registrados 155 mortos, 94 desaparecidos e 806 feridos. O governo estima que a população afetada pelo evento climático seja de 2,3 milhões de gaúchos. Dos 497 municípios do RS, 461 registraram transtornos.

Confira outros dados:

  • Pessoas em abrigos: 77.202
  • Desalojados: 540.188
  • Pessoas afetadas: 2.304.433
  • Pessoas resgatadas: 82.666
  • Animais resgatados: 12.215
  • Municípios afetados: 461

No dia 10 de maio, um grupo de bombeiros de Mato Grosso um bebê com 20 dias de vida, a mãe dele e outras seis pessoas da mesma família, após ficarem ilhados em uma casa na cidade de Pelotas, em meio aos temporais que atingem o Rio Grande do Sul.


HOME / NOTÍCIAS

geral

Caminhoneiro morre em acidente com engavetamento em 4 veículos na BR-364


Elson Lima morreu em um acidente envolvendo duas carretas e dois caminhões na tarde de quarta-feira (15), na BR-364, em Várzea Grande. A colisão ocorreu em decorrência do pare e siga, a rodovia precisou ser totalmente bloqueada.

Segundo informações, a Nova Rota do Oeste foi acionada às 15h08 para atendimento de uma ocorrência de engavetamento com 4 veículos. Analises preliminares constataram que a rodovia estava em pare e siga sentido Jangada, quando um caminhão baú parou do nada e os demais veículos engavetaram.

O caminhão que estava por último bateu na traseira do caminhão boiadeiro. Com o impacto a cabine ficou destruída, o condutor chegou a ser retirado pelas testemunhas, porém não resistiu os ferimentos e morreu no local.

A rodovia precisou ser totalmente bloqueada para os atendimentos. Perícia Oficial de Identificação Técnica (Politec) foi acionada para análise da ocorrência e liberação do corpo.

Causas precisas do acidente será investigada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).


HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Ademir lidera pesquisa para sucessão de Bortolin com 42,1%


Fonte: Ângulo Pesquisa Digital – Líder Pesquisas & Publicidade – Avaliação da Administração

Conforme dados de pesquisa realizada pela Líder Pesquisas & Publicidades, o pré-candidato a prefeito Ademir Goes, se destaca e lidera em todos os cenários a disputa para a Prefeitura Municipal de Primavera do Leste. A pesquisa entrevistou entre os dias 06 a 07 de maio, 901 pessoas que moram na cidade.

Ademir Goes é o atual vice de Léo Bortolin e integra o partido do governador Mauro Mendes.

De acordo com a pesquisa, Léo Bortolin está com 85,5% de aprovação quando os entrevistados foram solicitados para avaliar a administração da Prefeitura de Primavera do Leste.

Na modalidade estimulada, em que o nome de todos os pré-candidatos do município são apresentados ao eleitor, Ademir Goes segue liderando com 42,1%, seguido de  Sergio machnic com 12,0%, Inspetor Adriano com 2,7%, brancos/nulos 15,2%, indecisos 28,1%.

Fonte: Ângulo Pesquisa Digital – Líder Pesquisas & Publicidade – Modalidade Estimulada

Ainda na modalidade rejeição estimulada, em que o nome de todos os pré-candidatos do município são apresentados ao eleitor, Inspetor Adriano segue liderando com 16,3%, seguido de Sergio machnic  com 9,2%, Ademir Goes com 3,3%, brancos/nulos 21,5%, indecisos 49,6%.

Fonte: Ângulo Pesquisa Digital – Líder Pesquisas & Publicidade – Modalidade Rejeição estimulada

A Líder Pesquisas & Publicidades realizou 901 entrevistas nos dias 06 e 07 de maio em Primavera do Leste, margem de erro estimada em 3% para mais ou menos, com intervalo de confiança de 95%. Realizada Pesquisa de Opinião Pública Modalidade Quali/Quanti. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o nº MT-02061/2024.


Antenado News