Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

geral

Parceria entre Senar, Prefeitura e Sindicato Rural capacita profissionais



O Senar entregou na tarde de segunda feira, 18, os certificados de conclusão dos cursos oferecidos pelo órgão em parceria com a Prefeitura Municipal e o Sindicato Rural de Primavera do Leste, nas dependências do Conviver. O representante do Senar, Paulo Ricardo, falou da atuação voltada especificamente para a área rural, oportunizando a qualificação de mão de obra, que hoje ainda em número defasado para atender a demanda do Estado. Ele falou do orçamento do Senar- o produtor rural destina um percentual da venda do produto e o Senar devolve profissionalizando a mão de obra que, na maioria das vezes, o produtor é que emprega. “É uma parceria que tem dado certo”.

Danielle Chaves, enfermeira padrão, fez o curso de Relação Interpessoal e, falou da importância dessa participação para sua vida pessoal e profissional para o trabalho em equipe, “saímos com outra visão e a impressão foi das melhores, portanto minha fala é de gratidão”. Segundo ela, a interação foi tão grande que podemos aplicar os ensinamentos na nossa realidade, devido o grande volume de informação e, especialmente pela metodologia ativa aplicada, que “tem por base a troca de experiência e consequentemente se constrói o conhecimento”.

Para o presidente do Sindicato Rural, José Nardes, que é agrônomo e trabalhador como ele se define, os cursos oferecidos através da parceria com o Senar, Prefeitura Municipal e Sindicato representam a qualificação de mão de obra para acompanhar a tecnologia no campo, “hoje existem máquinas sofisticadas e caras que precisam de funcionários especializados e o Senar se faz presente para tender essa exigência”. Ele falou que foram oferecidos cursos em vinte assentamentos.

Nardes reconheceu que se perdeu muito tempo, porque a parceria com a Prefeitura foi efetivada apenas o ano passado, mas “agora estamos a todo vapor, para 2018 serão 240 cursos que serão divulgados pela secretaria municipal de Promoção Social”. Ao perceber que houve mais mulheres no curso, ele ressaltou “as mulheres tem mais capacidade e percepção de ver ao seu redor, de perceber a importância do conhecimento, o que se aprende na vida não tem preço”.

Para secretária de Promoção Social Rosicler Szadkoski, que representou o prefeito no evento, essa parceria precisa ser mantida porque o retorno, através da formação de tantas pessoas, é sem dúvida um ganho para o município que pode dispor da mão de obra qualificada. Segundo ela, “essa parceria é interessante porque o conteúdo dos cursos pode ser aplicado na vida e na profissão, além de serem gratuitos”.

Da Assessoria



COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Mulher confessa homicídio do esposo e mistério termina sobre desaparecimento


O delegado Flávio Leonardo, responsável pela investigação do desaparecimento de Edvan Moreira, falou sobre o homicídio e forneceu atualizações cruciais sobre o caso. O que inicialmente parecia um mistério envolvendo o sumiço de Edvan, ganhou novos contornos após intensas diligências e avanços nas investigações conduzidas pela Polícia Civil.

Edvan Moreira, residente em uma fazenda a aproximadamente 50 km do centro de Canarana, teria saído para cidade no dia 7, conforme relatos iniciais. No entanto, a descoberta da motocicleta da vítima na própria fazenda, em uma área de mata a cerca de 5 km de distância, levantou suspeitas sobre o desaparecimento.

“Localizamos a motocicleta da vítima em uma área de mata próxima à fazenda onde trabalhava. No entanto, estava claramente evidente que ela havia sido deliberadamente jogada em um rio para dificultar sua localização”, explicou o delegado Flavio Leonardo.

A reviravolta no caso ocorreu quando a esposa de Edvan, após ser submetida a uma nova entrevista como parte das investigações, confessou o homicídio. Ela admitiu ter disparado três tiros contra o marido, ocultando seu corpo e a motocicleta em locais distintos, distanciados da fazenda.

“Após a execução do homicídio, a suspeita utilizou uma máquina para transportar a motocicleta de Edvan e seu corpo para locais distantes da propriedade, em uma tentativa de dificultar a descoberta”, acrescentou o delegado.

A colaboração da esposa de Edvan foi fundamental para a identificação do local onde o corpo foi ocultado. As autoridades realizaram uma inspeção no local indicado, que foi confirmado pela Polícia Técnico-Científica como o local do crime.

Além disso, a polícia está investigando a possibilidade de que a suspeita tenha recebido ajuda para ocultar os objetos e o corpo da vítima, dadas as características do local de descarte da motocicleta.

A arma do crime, uma espingarda, foi apreendida pela polícia como parte das evidências. Agora, as autoridades conduzirão exames de DNA para confirmar a identidade do corpo encontrado e prosseguirão com as acusações de ocultação de cadáver e homicídio contra a esposa de Edvan.

O delegado Flávio Leonardo encerrou a coletiva reiterando o compromisso da Polícia Civil em buscar a verdade e garantir que a justiça seja feita para Edvan Moreira e sua família. O caso continua em andamento, com as autoridades empenhadas em esclarecer todos os detalhes e possíveis cúmplices envolvidos nesse trágico desfecho.

Araguaia FM


Antenado News