Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

cidade

Paróquia São Francisco de Assis realiza a 14º Festa do Padroeiro neste domingo (30) em Primavera do Leste



Da Redação

A tradicional Festa do Padroeiro São Francisco de Assis será realizada este ano no domingo (30).  O pároco Frei Anselmo Brand, explica que a festa sempre é realizada no primeiro domingo de outubro, porque o dia de São Francisco é 04, mas foi antecipada por causa das eleições.

A programação começa com a santa missa às 10h da manhã na Igreja, após a missa será servido o almoço no salão paroquial, com a venda do churrasco bovino que é uma costela por R$ 40 reais e o suíno R$ 35 reais, que da para almoçar até cinco pessoas. Também será comercializada a bebida. Além de música para animar à tarde.

Durante a festividade terá leilões, a comercialização de salgados e porções, e por fim o show de prêmios que será às 17h. A cartela do bingo está sendo vendida por R$ 20 reais e tem como primeiro prêmio o valor de R$ 20 mil reais, o segundo prêmio é de R$ 7 mil reais e o terceiro prêmio tem o valor de R$ 3 mil reais. Todas as cartelas têm a autenticação eletrônica.

A comercialização da cartela está sendo feita na paróquia São Francisco de Assis que fica na Rua Tancredo Neves, no bairro Castelândia, e por voluntários da Igreja. Será vendida até o domingo, véspera da festa.

Segundo o Frei  Anselmo, a Festa do Padroeiro tem como objetivo a confraternização a data do padroeiro, São Francisco de Assis, e para a Igreja é uma oportunidade de arrecadar fundos para as obras sociais, em que, todos os anos é esta arrecadação da festa que tem mantido, além de proporcionar um momento de lazer e alegria as famílias e toda a comunidade.

Na semana que vem, na quarta-feira, 03 de outubro a paróquia realizará a missa de São Francisco, que será às 19h, e no dia 04 terá a benção dos animais, às 18h na frente da igreja.



COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Região

MPMT requer interdição de cadeia pública feminina de Cáceres


O Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio da 1ª Promotoria de Justiça de Cáceres, requereu no final da tarde desta quinta-feira (22) a interdição da cadeia feminina do município. A medida foi tomada em razão da existência de infiltrações estruturais e alto risco de incêndio na unidade prisional. O pedido foi direcionado à 1ª Vara Criminal da Comarca de Cáceres.

De acordo com o MPMT, a cadeia feminina do município não possui Alvará de Segurança Contra Incêndio e Pânico (ASCIP) do Corpo de Bombeiros. Inspeções realizadas no local demonstram uma série de problemas estruturais na unidade, como falta de sistemas de hidrante, de saídas de emergência, de alarme de incêndio, entre outros.

Conforme laudo técnico das instalações elétricas do edifício, encaminhado ao Ministério Público pelo Conselho de Segurança, as “instalações estão em péssimas condições de conservação, com risco gravíssimo de acidentes à população carcerária e aos profissionais da segurança pública responsáveis pelo local, proporcionando alto grau de risco de incêndio a qualquer momento”.

Segundo o promotor de Justiça Marcelo Linhares Ferreira, o Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça do MPMT também realizou inspeção técnica na unidade prisional, constatando inconformidades em toda a edificação que interferem diretamente na segurança dos usuários.

“O quadro existente no estabelecimento prisional fere os mais básicos direitos fundamentais do homem, sendo que a medida de interdição visa a resguardar a dignidade da pessoa humana e a proteção de risco à vida e à integridade física das presas”, destacou o promotor de Justiça.

por CLÊNIA GORETH

 

Antenado News