Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

política

Vereador Luis Costa solicita a Secretaria de Saúde contratação de mais médicos Oftalmologistas



Da Redação

Atualmente o município de Primavera do Leste conta com apenas dois médicos Oftalmologistas atendendo pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Existem pessoas que estão na fila de espera por um atendimento, sendo, exames e cirurgias desde 2016. Alguns procedimentos são realizados em Primavera do Leste e outros pelo Estado. Mas mesmo com os mutirões realizados pelo estado para atender casos de cirurgias de catarata, a fila de espera continua crescendo. Durante a sessão ordinária de ontem (27), o vereador Luis Costa (PR), falou sobre a situação em tom de protesto.

“Imagina que temos cidadãos primaverenses na fila de espera por uma consulta ou exames desde 2016. As pessoas estão perdendo a visão, ficando cegas mesmo, por não terem condições de fazerem exames e cirurgias. Em Primavera temos apenas dois Oftalmos atendendo sendo que esta especialidade tem que ser prioridade na saúde pública”. Afirma o legislador.

Diante da situação e reclamação da população, Luis Costa está requerendo junto a Secretaria de Saúde, por meio de ofício e indicação, a contratação de mais médicos oftalmologistas, para que atenda a demanda existente.

“A contratação de mais profissionais oftalmos tem que ser feita urgente. Seja por meio de licitação ou contratação por seletivo, porque as pessoas não conseguem mais esperar nas filas. Nosso prefeito precisa dar mais atenção à saúde pública de nosso município. Sabemos que em relação a outras cidades do interior a nossa saúde está um pouco melhor, mas isso não justifica, porque temos uma das melhores arrecadações do interior. A saúde tem que ser prioridade em qualquer gestão pública, seja municipal ou estadual”. Esclarece Luis Costa.

O legislador explica que muitos candidatos colocam em suas propagandas eleitorais, que saúde, educação e segurança pública são prioridades, mas quando acaba a eleição não é o que tem visto. Luis Costa ressalta ainda que é muito triste ver que as pessoas precisam acionar a Defensoria Pública ou o Ministério Público para requerer o que é de direito, a saúde.

“Temos que ter essa atenção voltada para as necessidades de nosso povo. É inadmissível uma fila de espera tão grande como esta, não podemos aceitar que as pessoas fiquem cegas e morrem esperando um atendimento médico. Eu deixo aqui meu protesto e peço atenção de nossos gestores em relação a nossa saúde”. Desabafa o vereador.



COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Mulher confessa homicídio do esposo e mistério termina sobre desaparecimento


O delegado Flávio Leonardo, responsável pela investigação do desaparecimento de Edvan Moreira, falou sobre o homicídio e forneceu atualizações cruciais sobre o caso. O que inicialmente parecia um mistério envolvendo o sumiço de Edvan, ganhou novos contornos após intensas diligências e avanços nas investigações conduzidas pela Polícia Civil.

Edvan Moreira, residente em uma fazenda a aproximadamente 50 km do centro de Canarana, teria saído para cidade no dia 7, conforme relatos iniciais. No entanto, a descoberta da motocicleta da vítima na própria fazenda, em uma área de mata a cerca de 5 km de distância, levantou suspeitas sobre o desaparecimento.

“Localizamos a motocicleta da vítima em uma área de mata próxima à fazenda onde trabalhava. No entanto, estava claramente evidente que ela havia sido deliberadamente jogada em um rio para dificultar sua localização”, explicou o delegado Flavio Leonardo.

A reviravolta no caso ocorreu quando a esposa de Edvan, após ser submetida a uma nova entrevista como parte das investigações, confessou o homicídio. Ela admitiu ter disparado três tiros contra o marido, ocultando seu corpo e a motocicleta em locais distintos, distanciados da fazenda.

“Após a execução do homicídio, a suspeita utilizou uma máquina para transportar a motocicleta de Edvan e seu corpo para locais distantes da propriedade, em uma tentativa de dificultar a descoberta”, acrescentou o delegado.

A colaboração da esposa de Edvan foi fundamental para a identificação do local onde o corpo foi ocultado. As autoridades realizaram uma inspeção no local indicado, que foi confirmado pela Polícia Técnico-Científica como o local do crime.

Além disso, a polícia está investigando a possibilidade de que a suspeita tenha recebido ajuda para ocultar os objetos e o corpo da vítima, dadas as características do local de descarte da motocicleta.

A arma do crime, uma espingarda, foi apreendida pela polícia como parte das evidências. Agora, as autoridades conduzirão exames de DNA para confirmar a identidade do corpo encontrado e prosseguirão com as acusações de ocultação de cadáver e homicídio contra a esposa de Edvan.

O delegado Flávio Leonardo encerrou a coletiva reiterando o compromisso da Polícia Civil em buscar a verdade e garantir que a justiça seja feita para Edvan Moreira e sua família. O caso continua em andamento, com as autoridades empenhadas em esclarecer todos os detalhes e possíveis cúmplices envolvidos nesse trágico desfecho.

Araguaia FM


Antenado News