Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

política

Região do Primavera 3 será contemplada com Complexo Esportivo no valor de R$ 2 milhões de reais



Da Redação

Em Comitiva na semana passada em Brasília, o prefeito Leonardo Bortolin (PMDB), com vereadores e secretários, esteve em reunião com o Secretário Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social,  Leandro Cruz Fróes da Silva, para apresentar o andamento do recurso conquistado em novembro do ano passado, pelos Deputados Federais, Carlos Bezerra (PMDB) e Valtenir Pereira (PSB), no valor de R$ 2 milhões de reais,  para o complexo esportivo da região do Primavera 3, que já foi contratado pela Caixa Econômica Federal, e já está em fase de licitação. Segundo o prefeito Leo, a ordem de serviço para a construção será anunciada no decorrer da programação do aniversário da cidade em maio.

De acordo com presidente da Casa de Leis em Primavera do Leste, Valmislei Alves dos Santos (PV), essa é uma obra importante para a região do Primavera 3. “Sou morador a 14 anos da região e por lá não temos quase nada de lazer, e com essa obra os moradores poderão ter mais qualidade de vida com a prática de esportes”.

Além do Primavera 3, na região encontra-se os bairros Buritis e Padre Onesto Costa, são quase 20 mil pessoas morando entre os três bairros. O legislador Carlos Venâncio dos Santos (PSD), que é morador do Bairro Buritis, também fala da necessidade de investimentos em esporte e lazer para a região. “As pessoas tem cobrado muito uma área de lazer e esportes, além da quadra, os moradores querem pista de caminhada, academia popular, e nós temos batalhado para conquistar mais obras”.

Aproveitando a agenda em Brasília, os vereadores Carlos Venâncio e Luis Costa (PR), entregaram ofícios pedindo a alguns Deputados Federais, recursos para a construção de uma praça no Bairro Buritis. “O Complexo esportivo será uma grande obra para toda a população do Primavera 3 e região, mas ainda precisamos de mais áreas de lazer, e por isso pensamos em pedir recursos para a construção de uma praça para o Buritis”. Explica Luis Costa.

Outra grande obra que foi citada durante a reunião,  foi a retomada da Praça da Juventude que está no Bairro São José. Segundo o prefeito Leo, a obra teve inicio em 2010 por uma emenda do Deputado Federal, Carlos Bezerra, e estava parada, mas a prefeitura conseguiu a liberação para a retoma e a previsão é que em maio deste ano seja inaugurada.

Ainda durante a reunião que teve a participação da Secretária Nacional de Turismo e amiga do prefeito Leo, Teté Bezerra, foi viabilizado verbas para fomentar o turismo em Primavera do Leste, reforçando a importância do processo de eventos do município, e reafirmando o apoio para os projetos, Forró do Cerrado, o Natal Encantado, e o Festival Velha Joana, assim o Turismo Federal será parceiro das atividades.

A cidade também foi contemplada com o convênio de R$2 milhões para infraestrutura do Lago Municipal.  Ainda, R$ 1.9 milhão e novecentos reais, para a drenagem pluvial do centro de Primavera. Também com um projeto de R$ 1 milhão de reais para iluminação em LED,  para as áreas de reserva do município.

Na Comitiva a Brasília estava o Prefeito Leo, os vereadores, Luis Costa, Valmislei Alves dos Santos, Carlos Venâncio dos Santos (PSD), Elton Baraldi, Manuel Mazutti (PMDB), Paulo Márcio  Castro Silva (DEM), Kinha Juriti (PV) e Josafá Martins Barbosa (PP), também os secretários, Eduardo Wolf, Carlos Donin, Laura Leandra, além da assessora jurídica da Prefeitura Municipal, Janaina Ottonelli, e o assessor especial da presidência da Câmara Municipal, Jeferson Lobato.



COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Região

MPMT requer interdição de cadeia pública feminina de Cáceres


O Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio da 1ª Promotoria de Justiça de Cáceres, requereu no final da tarde desta quinta-feira (22) a interdição da cadeia feminina do município. A medida foi tomada em razão da existência de infiltrações estruturais e alto risco de incêndio na unidade prisional. O pedido foi direcionado à 1ª Vara Criminal da Comarca de Cáceres.

De acordo com o MPMT, a cadeia feminina do município não possui Alvará de Segurança Contra Incêndio e Pânico (ASCIP) do Corpo de Bombeiros. Inspeções realizadas no local demonstram uma série de problemas estruturais na unidade, como falta de sistemas de hidrante, de saídas de emergência, de alarme de incêndio, entre outros.

Conforme laudo técnico das instalações elétricas do edifício, encaminhado ao Ministério Público pelo Conselho de Segurança, as “instalações estão em péssimas condições de conservação, com risco gravíssimo de acidentes à população carcerária e aos profissionais da segurança pública responsáveis pelo local, proporcionando alto grau de risco de incêndio a qualquer momento”.

Segundo o promotor de Justiça Marcelo Linhares Ferreira, o Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça do MPMT também realizou inspeção técnica na unidade prisional, constatando inconformidades em toda a edificação que interferem diretamente na segurança dos usuários.

“O quadro existente no estabelecimento prisional fere os mais básicos direitos fundamentais do homem, sendo que a medida de interdição visa a resguardar a dignidade da pessoa humana e a proteção de risco à vida e à integridade física das presas”, destacou o promotor de Justiça.

por CLÊNIA GORETH

 

Antenado News